sábado, 7 de julio de 2007

As acções da REN (Redes Energéticas Nacionais ) vão ser vendidas aos investidores ao preço máximo definido pelo Governo, de 2,75 euros. O preço de venda para pequenos subscritores e emigrantes é de 2,61 euros, enquanto para o público em geral e institucionais o preço de venda é de 2,75 euros por acção, de acordo com a decisão tomada hoje pelo Governo, disse fonte do Ministério das Finanças.
Os resultados da Oferta Pública de Venda (OPV) da Redes Energéticas Nacionais serão apurados segunda-feira, e a empresa terá a sua estreia na Euronext Lisbon terça-feira.
Era já esperado que o Governo colocasse as acções ao preço máximo, devido è elevada procura das acções: mais de 100 vezes acima da oferta na OPV e mais de 80 vezes na venda directa aos institucionais.
Ontem a procura era superior em 104 vezes a oferta. Assim, quem pediu o máximo das acções nas duas tranches, deverá receber um máximo de 500 acções.